9 perguntas sobre Lesão Muscular nos Esportes




http://dicasdemusculacao.org/wp-content/uploads/dicas-para-evitar-lesoes-na-musculacao.jpg

Para que pratica algum tipo de esporte é praticamente  impossível fugir de lesão. Se for em alto nível, a convivência com a dor pode ser diária.

Veja dvds educativos educacionais de vários esportes
Mas quais são as lesões que mais perturbam o esportista? 
1) Quais são os principais tipos de lesões musculares em Medicina Esportiva?

Os principais são a contusão e o estiramento muscular, os quais são responsáveis por mais de 90% das lesões musculares no esporte.

2) Quais as principais manifestações clínicas das lesões musculares no esporte?

São impotência funcional do músculo acometido, dor local, inchaço local, formação de hematoma

3) Quais os principais fatores predisponentes para lesões musculares no esporte?

São fadiga muscular, estresse psicológico, tempo frio, intensidade de treinos acima do habitual, erros de treinamento

4) Quais são as fases das lesões musculares no esporte?

     - Fase de destruição, que é o momento inicial da lesão, quando se tem necrose, inflamação e formação de hematoma no tecido lesado. - Fase de reparação, quando ocorre a formação de um tecido cicatricial e de novos vasos sangüíneos no tecido lesado.
     - Fase de remodelamento, quando ocorre a maturação do tecido cicatricial e a restauração da capacidade funcional do músculo.

Cds de Partes Corporais - Ombro, Coluna e Joelho avaliados separadamente
5) Como é feito o diagnóstico das contusões e estiramentos musculares?
É essencialmente clínico, baseado em uma história e exame físico sugestivos. Nos casos duvidosos ou quando é necessário se ter uma noção mais exata do grau de lesão muscular, exames complementares tais como o ultra-som e a ressonância nuclear magnética podem ser usados.

6) Como é o tratamento das lesões musculares?

Na maioria dos casos, é conservador.  De imediato, deve ser instituído o chamado Protocolo "RICE" (Rest: repouso; Ice: crioterapia; Compression: compressão local; Elevation: elevação do membro acometido), o qual deve ser matnido nos primeiros 3~7 dias.

7) Quando retornar aos treinamentos esportivos?

Não há uma regra, porém algumas observações são importantes para determinar este momento mais adequado:

      - O atleta deve ser capaz de alongar adequadamente o músculo lesionado sem sentir a dor
      - O atleta deve ser capaz de usar, sem a dor, o grupamento muscular lesionado para as ativdades mais básicas
Ao retornar às suas atividades desportivas, de maneira progressiva, o atleta deve ser supervisionado pelo seu terapeuta físico e/ou treinador.

8) Existe necessidade de tratamento cirúrgico para as lesões musculares?

Via de regra o tratamento é conservador, mas em apenas em situações muito específicas há necessidade de tratamento cirúrgico. Dentre estas situações, podemos citar:

     - Grande hematoma intramuscular
     - Ruptura completa com pouca ou nenhuma musculatura agonista
     - Ruptura em que metade da espessura do músculo é lesionada

Tais situações são raras, porém devem ser diagnosticadas o mais breve possível para o pronto tratamento.

9) Alguma medicação pode ser utilizada?

Os anti-inflamatórios não horomonais podem ser utilizados caso a terapia física e analgésicos comuns não estejam alcançando a analgesia adequada, devendo ser utilizados pelo menor tempo possível.
Glicocorticóides são contra-indicados nas lesões musculares por retardar o processo de regeneração muscular e reduzir a força muscular.  


Comente: