Como executar um bom saque no tênis




Velocidade da bola
A execução do saque é de difícil domínio, uma vez que os braços prescrevem padrões de movimento e ritmos diferentes entre si e também devem sincronizar-se aos movimentos dos membros inferiores e do tronco.
Quanto ao movimento dos MMSS (membros superiores) no saque, temos:
  • Início: Elevar a raquete com sua mão direita para cima e para trás até o momento em que o cotovelo estiver mais alto que o ombro, deixando a cabeça da raquete voltada para trás e para baixo;
  • Aceleração: Imprimir a máxima velocidade na raquete para cima até o ponto de impacto na bola, projetando-a para frente (como se estivesse lançando uma pedra);
  • Finalização: Após a aceleração e a perda do contato com a bola, o atleta deverá terminar com a raquete sempre ao lado esquerdo (saque chapado ou slice), cruzando o braço pela frente do corpo, com a cabeça da raquete terminando voltada para baixo e para trás.
A potência do saque está aliada à velocidade da raquete no momento do impacto com a bola. Em ordem de importância, a maior contribuição para a velocidade da raquete no saque é: rotação interna de braço, flexão do punho, velocidade de braço e ombro e transferência do corpo para frente, pronação do braço, rapidez do giro da cintura e movimento do ombro para frente.
O posicionamento dos pés também é importante. O direito (se o jogador for destro) deve ficar próximo à linha. O esquerdo, de forma paralela, um pouco mais recuado. O lançamento da bola deve ser feito sempre um pouco à frente da linha da cabeça para que o impacto seja mais consistente, pegando a bola na descida.
Lançamento da Bola (toss)
O lançamento da bola é um dos componentes mais importantes do saque. Se você não lançar a bola no ponto ideal, vai ter de ajustar o corpo para golpeá-la. Mas você já fez este ajuste para todos os outros golpes, então aproveite o saque, onde você mesmo lança a bola que vai bater.
O ponto ideal do toss depende de três eixos:
  1. eixo antero-posterior (da frente para trás)
    Lance a bola um pouco a frente da linha de base, isso obrigará você a sacar caindo sobre a bola, o que aumentará a potência do seu saque. Após o contato com a bola você deve aterrissar dentro da quadra.
  1. eixo latero-lateral (da direita para esquerda)
    A bola deve ser lançada ligeiramente à direita do sacador destro, ou a esquerda do sacador canhoto. Isso aumentará a amplitude do saque, permitindo uma maior aceleração do braço em direção à bola. Portanto, se você é destro, por exemplo, saque da direita para a esquerda, cruzando o braço sobre o tronco.
  1. eixo crânio-caudal (de cima para baixo)
    Se a bola for lançada mais alta que a altura máxima alcançada pelo sacador com o cotovelo estendido, duas falhas vão ocorrer:
    • o sacador vai perder o ritmo do saque, pois vai ser obrigado a desacelerar muito o movimento do braço que segura a raquete para esperar a bola descer até o ponto de contato;
    • a precisão do sacador terá de ser maior, pois golpeará a bola na descendente.
Portanto, procure lançar a bola só até o ponto onde você consegue alcançá-la e sem deixá-la cair. Isso fará com que você tenha que acelerar mais o braço, aumentando a potência do saque.
Contato raquete-bola
Aqui está a grande diferença entre um saque rápido e um saque lento. A potência do saque é determinada, principalmente, pela velocidade com que a raquete atinge a bola. Portanto relaxe, literalmente! Só assim você poderá acelerar bastante sua raquete em direção à bola até o momento do contato.
Outra dica importante é: não segure o cabo da raquete com muita força, isto vai impedir um movimento mais solto.
Dvd de Tenis - Jogo de rede - James Jensen
Terminação
Se você acelerou bastante a raquete até o contato, sua terminação também deverá ser ampla, caso contrário ocorrerá uma desaceleração muito brusca, potencialmente causadora de lesões.
Nesta fase, o movimento de flexão do punho (snap) é muito importante para controlar o saque. Quanto mais potente o saque, mais radical deverá ser o snap, a fim de encaixar a bola na área de saque.
Dvd de Tenis - Treinamento de Pliometria


Comente: