O salto no Voleibol




http://logon.prozis.com/images/salto_voleibol.jpg

Os saltos do ataque, bloqueio e saque são os maiores esforços do voleibol
Afirmam-se que 50 a 60% das ações motoras no jogo de voleibol são constituídas pelos saltos, sendo que 180 a 210 são compostas pelas cortadas e pelos bloqueios. No campeonato francês da 1ª e 2ª divisão acontecem 412 ataques e 357 contra-ataques. Na 3ª Copa da Federação Internacional de Voleibol em 1987, entre seleções masculinas,observaram que em 72 jogos acontecem 163 ataques.E os fundamentos que mais contribuíram para os vencedores foram o ataque e o bloqueio.


Os saltos do ataque, bloqueio e saque são os maiores esforços do voleibol . Na 1ª divisão do voleibol americano feminino, as 10 melhores equipes praticaram em 13 jogos, 593 saltos, acontecendo no ataque e no bloqueio, proporcionando risco de lesão por causa dos excessivos saltos .

Para o preparador físico da seleção brasileira masculina de 1981 a 1984, os jogadores mais exigidos realizam 30 saltos por set, perfazendo por partida um total de 150 saltos.


A fase preparatória para impulsão ocorre um contra-movimento (movimento de flexão dos membros inferiores em direção contrária à ação principal, o salto) de 90° na cortada, no saque em suspensão e no bloqueio e no levantamento. O contra-movimento é uma ação dos membros inferiores responsável pelo aumento da altura do salto vertical afirmam que o contra-movimento contribui em 39% para a impulsão.

No contra-movimento a ação muscular é excêntrica proporcionando um armazenamento da energia potencial elástica nos componentes elásticos do complexo músculo-tendão Acontecendo em seguida, uma ação isométrica por um tempo mínimo . A energia elástica é reutilizada em energia mecânica pelos membros inferiores com rápida passagem para contração concêntrica , proporcionando em elevado salto vertical



Comente: