10 mandamentos do Squash





http://guiadamusculacao.com.br/wp-content/uploads/2012/09/squash.jpg

Apesar de toda a complexidade do Squash, no fundo o que faz um bom jogador são 10 pequenas regras de ouro, apresentadas por todos os treinadores aos seus atletas, É a partir destes princípios que se desenvolve todo o esquema de treino para aperfeiçoamento.

1. Bata a bola com profundidade

Bata a bola na parede frontal com controle suficiente de forma a que vá ressaltar nos cantos traseiros da quadra, por trás do quadrado de serviço. A bola nunca deve bater primeiro nas paredes de trás ou laterais sem ser como opção táctica, pois assim a bola ficaria a meia-quadra pronta para se "matar" o ponto ou até perde-lo diretamente com um stroke. Isto consegue-se batendo uma bola baixa com força, ou com menos força mas em altura. O objetivo principal é "aprisionar" o adversário na parte de trás da quadra afastando-o da área do jogo - O "T".

2. Aponte para os cantos traseiros e dianteiros (nicks)

Com a profundidade a bola deve ser sempre batida com a intenção de procurar um nick, bola esta que praticamente não tem resposta. As opções do adversário tornam-se assim mais reduzidas, não podendo atacar(só com boast) o seu swing torna-se mais restringido, aumentando a sua possibilidade de erro.


3. Mantenha a bola "colada" às paredes laterais

Como rotina mantenha os drives profundos com a bola o mais junto possível da parede, pois quanto mais perto esta estiver da parede lateral, mais difícil é de responder e quase impossível de fazer um voleio. Porém, conheça as suas capacidades e se não tiver técnica para o fazer, permita uma margem de erro para evitar que a bola pingue logo no início da parede lateral deixando uma bola fácil para o adversário "matar" o ponto.


4. A importância do "T"

Voltar para o T depois de bater na bola é de uma importância extrema, pois vai-lhe permitir-lhe estar em posição para chegar praticamente em todas as bolas que o adversário responda, quer seja um drop ou um drive. Com dois jogadores do mesmo nível, aquele que controlar o T ganha o jogo em 99% dos casos. Mesmo depois de fazer um drop ou boast a frente, deve sempre recuar. Pratique os movimentos corretos sem raquete.


5. Olhe sempre para a bola

Alguns jogadores têm dificuldade em olhar sempre a bola, especialmente quando está atrás deles. Habitue-se a olhar a bola até a altura do impacto na raquete do adversário e na sua.Mesmo sem notar por isso, vai tornar os seus reflexos mais rápidos e melhorar a capacidade de reação.


6. Faça o seu adversário correr

Isto pareçe um dica simples e óbvia, mas muitos jogadores têm a tendência de bater a bola sem se preocuparem com a posição do adversário. Seguem a regra máxima de jogar para trás. Porém, as vezes resulta melhor fazer o seu adversário correr, especialmente se o seu nível técnico for inferior. Correr para chegar à bola implica movimento e além de cansar, aumenta a probabilidade de chegar atrasado na bola e responder em dificuldade e cometer um erro. Aproveite as fraquezas e limitações técnicas do seu adversário a seu favor e procure sempre o seu "lado fraco".


7. Coma de forma Inteligente

Não existe uma dieta perfeita porque todos têm necessidades diferentes. A melhor dieta é a que fornece a energia adequada e equilibrada em termos de nutrientes nas quantidades necessárias. Se comer de forma saudável poderá treinar com mais vigor e vai estar em melhor condição física e psíquica. Estar hidratado e ter energia acumulada é fundamental, pois fluidos e energia não recuperados baixa a performance. Ingira líquidos suficientes antes e durante os treinos e jogos. Em termos de alimentação prefira os carbohidratos.
Não se esqueça que depois de fazer exercício extremo (como é o Squash) o metabolismo espera receber nutrientes e é nesta hora que assimila melhor o que ingere. Por isso procure ter cuidado com o que come depois do jogo.


8. Pense no seu jogo e na sua evolução

O Squash é um esporte tanto Físico como Psicológico. Analise as suas fraquezas e qualidades e procure melhorar a partir daí. Mesmo que não tenha um treinador, procure conselhos dos amigos e procure imaginar-se jogando. Vai se ver cometendo erros que nunca julgou possíveis e que criticava vendo os outros.
Analise e reveja os jogos dos "prós" e estabeleça metas para a sua própria evolução. Poderá ter períodos em que sente que estagnou ou está a jogando pior, mas se treinar regularmente irá verificar o contrário. O Squash é um jogo de paciência e com vários níveis.


9. Mantenha-se em forma

"Tem que estar em forma para jogar Squash e não jogar Squash para estar em forma". Isto não se aplica apenas em termos de resistência e endurance, mas também porque o Squash exige flexibilidade, músculos e articulações treinadas para evitar lesões graves. Além disso jogar quando está "em forma" é muito mais gratificante e não se sente a frustração de ter perdido porque não chegou nas bolas a tempo. Agilidade é fundamental. Alterne o treino com corrida, flexibilidade, treino aeróbico e anaeróbico, treino de força e resistência. O treino deve ser combinado com dieta apropriada e com os respectivos períodos de recuperação do corpo (consulte sempre um nutricionista e um preparador fisico)


10. Divirta-se

A final de contas isto não passa de um jogo!


Comente: