Como ser eficiente no desarme no Futebol






Quando um defesa entra em luta direta com um atacante pela conquista da bola, o objetivo é temporizar o processo ofensivo adversário ou a recuperação da posse de bola. Esta ação chama-se Desarme no Futebol, e constitui uma ação técnico-tática defensiva.

Existem duas formas de efetuar um desarme: 

Oposição frontal: O defesa opõe-se em frente ao atacante;

Oposição lateral: O defesa posiciona-se ou desloca-se ao lado do adversário, para intervir no momento certo com um dos pés.


Também existem elementos fundamentais para que um desarme seja considerado eficaz

O defesa em contenção deve colocar-se entre a bola e a baliza. Deve manter uma postura de equilíbrio, com uma ligeira flexão dos joelhos e uma correta colocação dos apoios, colocados sobre uma linha oblíqua em direção à linha de progressão do atacante.

Observar a bola, ser paciente e esperar pelo momento exato para recuperar a bola, que geralmente ocorre quando:

Se o atacante não tiver ainda a bola controlada: no momento que a recebe;

Se o atacante já tiver a bola controlada: quando o atacante toca na bola para progredir no terreno de jogo, ou usando o pé de apoio está mais afastado da bola.

Simular o desarme levar o atacante a preocupar-se em proteger a bola em vez de atacar o defesa ou para o induzir a "romper". Se tal acontecer, o defesa deve tentar o desarme nesse momento.

Se o defesa for ultrapassado, deve correr atrás do atacante, tanto para se colocar numa posição mais privilegiada entre a baliza e o atacante, como para entrar em luta de ombro a ombro e tentar o desarme de forma lateral.

Determinação e coragem: Quando um defesa tenta desarmar um adversário, deve tentar fazê-lo sem medo, determinado na ação que vai realizar e com muita coragem.

Essas características defensivas no Futebol devem ser observadas para que o treinamento no futebol seja o mais efetivo possível.


Comente: