Conheça a técnica do nado peito





https://i.ytimg.com/vi/rto91XbyaPs/hqdefault.jpg

O nado peito é realizado com o corpo em decúbito ventral, ou seja, na posição de bruços. A atividade movimenta os membros superiores, inferiores e trabalha as vias respiratórias, sendo considerado um exercício completo com inúmeros benefícios à saúde, tais como: aumento da flexibilidade, desenvolvimento da resistência muscular, cardiorrespiratória e força, sem causar impacto na musculatura ou articulações.


A movimentação de membros inferiores é feita de forma simultânea, em três fases: recuperação (partindo com as pernas estendidas, os joelhos são flexionados obtendo-se um pequeno afastamento lateral de joelhos), pernada (ocorre uma extensão com consequente afastamento lateral das pernas, com movimento semelhante à chicotada, levando-se os pés para trás) e fechamento (ocorre a união das pernas estendidas, voltando a posição inicial).

A movimentação de membros superiores também é realizada de forma simultânea, sendo dividida em momento de ação e de recuperação. O momento de ação passa pela fase de apoio (é obtida com os braços estendidos à frente do corpo em afastamento lateral mais que a largura dos ombros, com a palma da mão voltada para fora) e pela fase de tração (inicia-se com uma flexão de cotovelo a 90 graus até a linha dos ombros, a seguir os cotovelos vão sendo aproximados do tronco) e o momento de recuperação é realizado com a extensão dos braços à frente do corpo para iniciar um novo ciclo.

A respiração é realizada por meio da inspiração executada pela boca com a elevação do tronco e da cabeça, e a expiração é feita pelo nariz e/ou boca no retorno do tronco e da cabeça à água. A inspiração ocorre na fase de tração e a expiração durante a fase de apoio.
Para a coordenação de membros superiores, inferiores e respiração: quando o braço começa o afastamento, as pernas realizam a recuperação (flexão de joelhos); quando os braços terminam a tração, as pernas também finalizam a flexão. Ao começar a recuperação da braçada, as pernas iniciam com o afastamento preparando-se para a impulsão maior, que ocorre com os braços parados à frente do corpo, proporcionando assim um deslize.

Dicas
- A pernada do nado peito se assemelha à movimentação da perna de sapo
- A ponta dos pés devem ficar voltadas para o fundo da piscina
- Na braçada, desenhe um círculo e fure ao retornar ao centro
- Sempre inspire no momento de tração da braçada

Com ajuda daqui


Comente: