Seja um bom professor de Voleibol









O voleibol é atualmente uma das atividades mais requisitadas no desenvolvimento das aulas de voleibol na educação física nas escolas.

Nós sabemos que o ensino tradicional da educação física é pautado na prática, sistematizada ou fracionada, das principais modalidades desportivas, dentre elas o Voleibol. As atividades contempladas variam de acordo com a região, obedecendo às questões estruturais, culturais, logísticas e de interesse da escola e dos escolares.

Dar aulas de voleibol pode ser uma experiência desafiadora e recompensadora, especialmente se você pratica o esporte ou se simplesmente é apaixonado por ele. Existem vários níveis de classes, desde as focadas em times profissionais até aquelas para jogadores recreacionais. Independentemente do nível da aula, é fundamental que todos os alunos entendam o funcionamento do jogo, treinem os saques, as defesas e façam exercícios básicos para melhorar o seu condicionamento e aumentar a sua flexibilidade.

Para se tornar um bom treinador, é importante saber se comunicar de maneira eficaz com os jogadores, conseguir transmitir os fundamentos básicos e liderar a equipe para vitórias em campeonatos e jogos.

Além disso, é preciso ter em mente que o desenvolvimento das habilidades de voleibol, no inicio, deve acontecer de uma forma lúdica, através de atividades que façam com que a criança tenha prazer na prática da modalidade e se sinta atraída para conhecer mais a fundo as questões inerentes ao desporto.

Mais adiante é preciso saber que desenvolvimento das capacidades físicas são essenciais não só para a prática esportiva, mas também nas atividades cotidianas, melhorando a coordenação motora, flexibilidade, força, resistência aeróbia e anaeróbia.

Durante uma partida de vôlei, um grande grupo muscular é requisitado, e músculos como: tríceps, musculatura paravertebral, abdominais e musculatura dos antebraços além dos membros inferiores ficam em constante movimento. O Vôlei faz o corpo trabalhar como um todo, melhorando as capacidades físicas funcionais, cardiorrespiratórias e de fortalecimento, o que é extremamente benéfico à saúde.

Já o voleibol profissional possui um perfil físico específico para facilitar o desempenho do atleta dentro das quadras, porém não é um fator determinante, pois existem outros pontos importantes que influenciam na performance como qualidade técnica, cognição, poder de superação etc.

Algumas outras dicas:

Certifique-se de que todos os jogadores do time entendem o jogo.
Seja comunicativo e esteja sempre disposto a ajudar os jogadores
Providencie um ambiente seguro.
Planeje as suas aulas antecipadamente -  Veja aqui 100 atividades para aulas de Voleibol
Comece a aula com uma corrida leve de 5 a 10 minutos.
Ensine os diferentes exercícios.


Comente: