Pilates na Bola nos Esportes






O Pilates consiste em uma série de exercícios e alongamentos utilizando quase que unicamente o peso do próprio corpo para a execução dos movimentos. Ele tem muitos benefícios como prevenção de lesões, reabilitação, fortalecimento do Core, coordenação, força, alongamento e controle. A grande pergunta que fica é:  conseguimos fazer com que o método Pilates seja ainda melhor para atletas?

Não tem como negar que a maioria dos atletas acabam descobrindo o Pilates após uma lesão ou pela necessidade de alívio de dor. O Pilates pode ser muito útil para melhorar os movimentos específicos, correção de gesto motor e melhor condicionamento em muitas posições que a prática de esportes precisa. Uma das formas de se trabalhar com atletas e pilates é com a bola suíça.

A bola suíça foi criada nos anos 70 por fisioterapeutas mas ao logo do tempo, os profissionais de Educação Física acabaram adotando esse equipamento e a aplica em diversos momentos do treinamento do atleta ou esportista,

O Pilates com a bola pode melhorar a nossa postura, a saúde da coluna, a flexibilidade, a coordenação motora, manutenção e melhora do equilíbrio e a força. Ele também controla picos de ansiedade e depressão ocasionados pelo estresse do dia a dia. Ou seja, mais do que um exercício físico, o pilates com bola é um exercício para trabalhar a mente associada ao corpo.
Atletas precisam de movimentos perfeitos tanto para evitar lesões como para ter um gasto energético menor, o que o faz suportar realizar os movimentos por um tempo prolongado de maneira funcional.
A melhora da mecânica do movimento, assim como, a melhora da postura e da flexibilidade podem resultar em ganhos significativos no desempenho do atleta. Uma postura adequada aumenta a velocidade, tempo de reação e força nos movimentos. O fortalecimento do core (centro corporal), aperfeiçoa a funcionalidade dos outros músculos e articulações diminuindo um possível desequilíbrio muscular.
O Pilates melhora sobretudo o desequilíbrio muscular devido aos exercícios de propriocepção o que resulta na melhora de desordens neurológicas, dor crônica, problemas ortopédicos e lombalgia.
Adote o Pilates com a bola no treinamento desportivo!


Comente: