Conceitos para o treinamento no Futebol





O treinador como figura central da condução de um processo de treino organizado e estruturado, de modo a conseguir intervir eficazmente na criação e estruturação de exercícios terá que dominar um conjunto de aspectos decisivos,

Porém, alguns conceitos se fazem importante para o entendimento do processo completo do treinamento do futebol.
Veja alguns conceitos:

Exercício - Brito (2003) considera o exercício como um meio/instrumento técnico - pedagógico fundamental que o treinador/professor dispõe par elevar e potenciar o nível de prestação/rendimento dos seus jogadores/alunos.

Treino - Segundo Castelo (2000) "treino é um processo pedagógica que visa desenvolver as capacidades técnicas, táticas, físicas e psicológicas dos praticantes e das equipas no quadro específico das situações competitivas através da prática sistemática e planificada do exercício, orientada por princípios e regras devidamente fundamentadas no conhecimento científico".

Técnica - Matveiev (citado por Ferreira, 2001) considera a técnica como o modelo ideal da ação competitiva (mental, verbal, gráfico, matemático ou outro) elaborado com base na experiência prática ou mesmo teórica.

Tática - Waineck (citado por Ferreira, 2001) entende a tática como o comportamento racional regulado pela própria capacidade de rendimento do praticante, do adversário e das condições exteriores, no confronto individual ou coletivo.

Ações Técnico - Táticas - Citando Maçãs e Brito (2000) podemos afirmar que estas são " os meios de base a que os jogadores recorrem, quer individualmente, quer coletivamente, tanto na fase de ataque, como na fase de defesa, no sentido de solucionar as situações concretas do jogo".

Princípios de jogo - Brito (2003) define princípios de jogo como sendo "as linhas orientadoras básicas que coordenam as atitudes e comportamentos técnico - táticos dos jogadores quer no processo ofensivo, quer no processo defensivo".

Para se determinar um objetivo de treinamento, devemos, em primeiro lugar, considerar e diagnosticar o nível de prestação dos atletas de que dispomos através do nível de desempenho nos exercícios anteriores ou avaliação de diagnóstico/inicial. Só após este requisito estar cumprido estamos, efetivamente, aptos a definir objetivos realistas e adequados à nossa população alvo, e promover a melhoria do seu rendimento. Dada a vertente multifuncional do exercício, convém referir que exercícios semelhantes podem ter objetivos diferentes, sendo da responsabilidade do treinador a hierarquização dos mesmos. Os objetivos deverão, impreterivelmente, relacionar-se com os princípios de jogo.

Portanto, não perca o Kit com treinamento completo em 5 aulas de Futebol.

Nele há treinamentos específicos para vários fundamentos no futebol.

Com ajuda daqui


Comente: