Ginástica Artística como Treinamento Funcional Infantil





Será que a Ginástica Artística (GA) pode ser aplicada como treinamento funcional para as crianças
,
A GA poderá potencializar e multidimensionar a formação desportiva, pessoal e social de crianças e jovens. A GA é um esporte Olímpico, mas que também pode ter uma abordagem lúdica , podendo contribuir substancialmente para a vivência de experiências repletas de significados capazes de promover o  aumento de níveis de participação, entusiasmo, como incremento da afiliação a prática desportiva sistemática para a vida toda.
Neste alcance, a GA apresenta se como forma a proporcionar experiências
desportivas envolvendo as crianças, na premissa de que para ensinar eficientemente é preciso acompanhar a s crianças e analisar suas necessidades e interesses.

A GA aplicada como Treinamento funcional para crianças remetem a características primordiais para o desenvolvimento desta população etária, podendo de forma lúdica, promover não só as habilidades físicas, mas também para as manifestações culturais. De certa forma o treinamento funcional acaba sendo parte do treino de todos os esportes
.
O Treinamento funcional é o nome dado ao treino que tem como objetivo principal
desenvolver habilidades básicas tais como agachar, avançar, abaixar, puxar, empurrar, levantar e girar. Tendo em vista que no treino analítico é  reproduzido o gesto do jogo a funcionalidade vem à tona.
Quanto ao trabalho personalizado o treinamento funcional ganha versatilidade porque além do foco nas atividades de vida diária também pode ser treinado gestos esportivos específicos e reabilitação terapêutica. Nesse método de treino são exercitadas valências físicas tais como:  Equilíbrio, coordenação, concentração, respiração, força dinâmica e estática, resistência muscular, resistência aeróbia,  flexibilidade geral e especifica.

A GA aplicada como Treinamento funcional para crianças remete a características primordiais para o desenvolvimento desta população etária, podendo de forma lúdica, promover não só as habilidades físicas, mas também para as manifestações culturais


Comente: