Alongamento pode ser vilão das lesões nos esportes






Durante muito tempo, o alongamento foi o ritual padrão antes de começar qualquer atividade física. O motivo seria que ele ajuda a prevenir lesões ou então que melhora o desempenho do atleta. Mas estas afirmações não têm nenhuma comprovação científica e o alongamento pode até te prejudicar em alguns casos.   

Vamos entender o que acontece nos seus músculos.

O alongamento nada mais é do que um exercício que visa dar elasticidade e aumentar a amplitude do movimento muscular. Portanto, ao se alongar, você força o músculo a esticar suas fibras e a se adaptar a esta condição.

Mas essa ação causa stress no músculo, portanto ao combinar o alongamento com a atividade do seu treino, seja aeróbico ou hipertrofia, você está intensificando ainda mais o stress muscular, que pode levar à lesões.

O alongamento então, seja antes ou depois do treino, não contribui em nada para prevenir lesões. Pior, ele pode até ser o vilão que pode causá-las.

Por muito tempo, o alongamento foi visto como a solução para todos os problemas dos atletas e algo essencial antes do início de qualquer atividade física. Atualmente, a ciência vêm mostrando que isso não é totalmente verdade. O que deve ficar bem claro é que o alongamento não é prejudicial. Ele traz benefícios para o seu corpo, desde que praticado no momento certo. Você deve programar suas sessões de alongamento em períodos distantes do seu treino, ou então em dias alternados. 

Sessões de alongamentos isolados levam a adaptações musculares com maior elasticidade e amplitude articular, isto como resposta crônica pode ser uma boa estratégia. O benefício do alongamento decorre de seu efeito a médio e longo prazo e não de um efeito imediato por alongar logo antes da prática do exercício.

Vou te indicar 3 aulas de alongamento para serem usadas em pessoas fisicamente ativas. Estas aulas são importadas, mostrando dezenas de exercícios que podem ser utilizados em academia e como aquecimento em todas as modalidades esportivas. Clique aqui e veja!



Comente: