Por que você deveria trabalhar sua perna de crawl





Este fundamento favorece o equilíbrio e a evolução durante o nado. O movimento de pernas é feito em duas etapas. Primeiramente, a descida da perna. Depois, a volta da perna à superfície.

Ter a perna forte vai além de dar um descanso pros seus ombros, apesar de esse também ser um bom motivo para treiná-la.


E é fácil entender por que ignoramos nossas pernas – elas estão trabalhando lá embaixo por conta própria enquanto estamos prestando atenção no que está acontecendo na nossa frente, com nossos braços e mãos.

Melhorar a pernada vai te ajudar a se tornar um nadador melhor.

Maior propulsão. O primeiro e mais óbvio objetivo para melhorar sua pernada é aumentar a velocidade. Quanto mais rápida a sua perna, mais rápido você vai nadar.

Uma perna forte deixa seu corpo em uma posição maravilhosa na água. Além de aumentar a velocidade, a pernada rápida ajuda o nadador a manter uma posição elevada do corpo na água.

Ajuda na puxada da braçada. A pernada forte ajuda na rotação do tronco. Esse movimento ajuda na puxada da braçada, tornando-o mais dinâmico.

A perna forte mantém seu nado coordenado. No fim de uma prova, quem tem perna forte se sobressai. Seus músculos já estão cansados e o nado começa a ficar descoordenado. Ter resistência nas pernas e essencial para manter a posição do corpo alta na água, de forma que o nado fique o mais eficiente possível também quando já estamos cansados.

Exercícios para melhorar a pernada.

Série 1
100 metros de perna com prancha ou pull buoy, mantendo a cabeça fora da água e olhando para a frente.

Série 2
100 metros de perna com os braços estendidos, respirando lateralmente.

Série 3
200 metros, sendo 4×50, com 25 metros de pernada com nadadeira e 25 metros de nado livre.

Série 4
100 metros de pernada submersa com nadadeira e braços estendidos, respirando lateralmente.

Série 5
200 metros de crawl completo focando na técnica da pernada.

O DVDs Sports tem aulas de Natação para professores. Clique aqui



Comente: