Prática do Tênis para Crianças






As crianças se beneficiam muito com a prática de Tenis, entre outras coisas, por ser um jogo divertido, socializador e educativo. Mas não é só isso, o tênis também ajuda a desenvolver a motricidade e a coordenação, além do fortalecimento e na tonificação da musculatura das crianças. E a coisa não para por aí, já que o esporte também é ótimo para estimular a disciplina, os reflexos, a psicomotricidade, assim como o sentido de responsabilidade.

O aperfeiçoamento e o treinamento para o alto rendimento, é muito importante que o professor/treinador:

1. Não queime etapas.
2. Até 9 anos e meio, 10 anos, trabalhe a base do esporte com elementos lúdicos. A técnica fundamental anda lado a lado com a diversão.
3. A partir dos 10 até os 13 anos, coloque todas as ferramentas para o tenista estar completo (todos os tipos de golpe, deslocamentos, aplicações táticas). O aluno precisa terminar esta fase com todos os golpes do tênis.
4. Dos 13 aos 17, 18 anos, oriente um treinamento mais específico para o alto rendimento, em que os aspectos físicos, táticos e psicológicos são cada vez mais apurados.

Não é demais saber que o tênis, em particular, é excelente para o desenvolvimento da coordenação mão-olho, do controle motor grosso (através da movimentação em quadra e das rebatidas), do controle motor fino (através de jogadas mais precisas, como curtinhas e voleios), do equilíbrio e da coordenação, ao mesmo tempo em que ajuda no processo de construção da aceleração, da velocidade, da força dos membros inferiores, da agilidade e da flexibilidade. E a coisa não para por aí, já que o tênis também promove uma série de benefícios para a saúde, tais como o ganho de massa e densidade óssea e o fortalecimento do sistema imunológico.

O processo de aprender a jogar tênis, escolher o tênis como esporte favorito e se especializar - enfim, de praticá-lo em altos níveis de competição -, é dos mais longos quando comparamos o tênis com futebol, vôlei, e até com o basquete. Isso acontece porque o tênis envolve muitas habilidades motoras, emocionais e cognitivas.



Comente: